Notícias FENTECT

home » Notícias FENTECT
16 de Julho de 2018 às 14:52

A orientação agora é rejeitar os ataques da ECT e seguir com a luta por uma campanha salarial justa

Na última semana, entre os dias 9 e 13 de julho, o Comando de Nacional de Mobilização e Negociação da FENTECT se reuniu com representantes da ECT para debater as Pendências, Disposições Gerais, Questões Econômicas/Índices de Reajuste Salarial e a Assistência Médica/Hospitalar e Odontológica do Acordo Coletivo de Trabalho da categoria. Entretanto, vale destacar que não houve avanços, já que a empresa insiste em recorrer à reforma trabalhista para atacar o ACT e, dessa maneira, deixar os trabalhadores sem direitos, apenas com o ônus do que eles chamam de déficit.

De acordo com a própria ECT, as propostas levadas à mesa foram orientadas pelo governo federal, que pretende economizar R$ 880 milhões em cima dos benefícios e conquistas da classe trabalhadora. Por isso, também, o Comando orienta pela continuidade do calendário de lutas, com o reforço das ações nacionais, no período de  18 a 26 de julho, como carros de som, entrega de carta aberta, panfletagem e audiências em assembleias legislativas nas diversas regiões, para denunciar e enfrentar essa política.

Salário e plano de saúde

Os representantes dos Correios, a todo tempo, demonstraram falta de interesse em acompanhar o que foi acordado com a representação sindical no calendário  de negociação. Prova disso foi o adiamento da proposta de reajuste salarial, que deveria ter sido apresentada na semana passada, mas ficou para a próxima terça-feira, dia 17 de julho. Essa atitude foi repudiada não somente pelo Comando, mas por toda a categoria, que espera respeito da direção da ECT e aguarda com ansiedade por esses índices.

Já sobre o plano de saúde, nenhuma novidade. A empresa não pretende avançar, apenas oficializar a decisão do Tribunal Superior do Trabalho (TST), deste ano, que determina o pagamento de mensalidades absurdas sobre o salário bruto dos empregados. Salário esse que é o mais baixo entre todas as empresas públicas e estatais do Brasil, conforme sempre foi denunciado pela FENTECT.

Contra tudo isso, não resta à categoria, em todo o país, se não a mobilização forte e permanente. Logo, o Comando de Negociação orienta pela realização das assembleias esta semana, conforme calendário, nos dias 18 e 19, para avaliação e rejeição do que foi proposto até o momento e pela manutenção do estado de greve.

É hora de defender os empregos e direitos e o fim do sucateamento dos Correios, que é, sim, patrimônio nacional. Com a falta de valorização dos trabalhadores e do serviço, fica também a sociedade sem apoio e sem cobertura. A FENTECT é a favor que não haja nenhum direito a menos e a estatal seja eficiente, pública e com foco no papel social.

Acompanhe todos os informes do comando de negociação no link: http://www.fentect.org.br/informes/

 


Outras Notícias

Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas dos Correios e Similares - FENTECT

SDS, Ed. Venâncio V, Bloco R, loja 60 - Brasília/DF - CEP:70393-900 - Fone/Fax:(61) 3323-8810 - fentect@fentect.org.br