Clipping

home » Clipping
4 de Dezembro de 2017 às 18:56

Caixa, Banco do Brasil e Correios 'perdem' 17 mil funcionários em 2017

Fonte: Ache Concursos

Empresas estatais chegam a 506.852 empregados no terceiro trimestre de 2017. O número de empresas também foi reduzido, de 154 para 149, entre 2016 e 2017.

O Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão divulgou nesta segunda-feira (4) o Boletim das Empresas Estatais, que informa que o país fecha o terceiro trimestre de 2017 com 506.852 empregados em 149 empresas federais. O governo objetiva terminar o ano de 2017 com menos de 500 mil empregados, segundo o Ministro Dyogo Oliveira.

Fernando Antônio Ribeiro Soares, secretário de Coordenação e Governança das Empresas Estatais, citou que o objetivo é "recuperar as empresas estatais, reduzir os custos, aumentar a produtividade e aproximar-se cada vez mais de indicadores de mercado. As empresas estatais têm que apresentar sustentabilidade".

A redução nos três primeiros trimestres deste ano foi de 26.336 empregados. Os órgãos que mais reduziram foram a Caixa Econômica Federal, com 7.199 reduções; os Correios, com 7.129; a Petrobras, com 4.019; e o Banco do Brasil, com 2.676. Já em dados mais amplos, comparando com anos anteriores, nota-se uma queda ainda mais acentuada de funcionários. Confira:

- Correios: de 125.410 em 2013 para os 108.340 atuais (-17.070)
- Banco do Brasil: de 114.200 em 2014 para 99.802 (-14.398)
- Caixa: de 100.677 em 2014 para 87.779 (-12.898)
- Petrobras: de 55.363 em 2015 para 46.512 (-8.851)

O quadro foi reduzido por meio de planos de desligamento voluntário. Os órgãos que criaram programas de desligamento são a Caixa Econômica Federal, a Companhia de Recursos de Pesquisa Mineral (CPRM), a Eletrobras, a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), a Companhia de Geração Térmica de Energia Elétrica (Eletrobras CGTEE), a Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social (Dataprev), o Banco do Nordeste, a Casa da Moeda, a Companhia Docas do Espírito Santo (Codesa), a Engenharia, Construções e Ferrovias S.A (Valec), a Amazônia Azul Tecnologias de Defesa (Amazul), a Empresa Brasil de Comunicação (EBC), o Banco da Amazônia, os Correios e a Indústrias Nucleares do Brasil (INB).

Houve ainda redução no número de empresas estatais entre 2016 e 2017, de 154 para 149. Agora não há mais previsão de redução no número de empresas: "a preocupação não é meramente fiscal. Temos que entender o setor onde a empresa estatal está inserido. Tem que analisar caso a caso, setor a setor", assegura Soares. O secretário sustenta ainda que esse número está de acordo com a média mundial.


Outras Notícias

Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas dos Correios e Similares - FENTECT

SDS, Ed. Venâncio V, Bloco R, loja 60 - Brasília/DF - CEP:70393-900 - Fone/Fax:(61) 3323-8810 - fentect@fentect.org.br