Notícias FENTECT

home » Notícias FENTECT
1 de Setembro de 2017 às 21:26

Categoria, em assembleias, pede o início das negociações e rejeita proposta do TST

Os 31 sindicatos filiados à FENTECT, em assembleias realizadas por todo o País, nesta semana, rejeitaram a proposta de mediação do vice-presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), ministro Emmanoel Pereira, de prorrogação do Acordo Coletivo de Trabalho  até dezembro deste ano, porém, sob a proibição de qualquer manifestação grevista, mesmo com descumprimento por parte  da ECT, e sem a garantia de retroativos.

Os trabalhadores da Correios reafirmaram a importância das negociações coletivas diretas e do direito constitucional de se manifestar por meio de greves, caso seja preciso. Por isso, pedem o início imediato das reuniões da data base dos ecetistas.

Além disso, as entidades votaram pela antecipação do XIX Conselho de Representantes Sindicais (Consin), para segunda-feira, dia 4 de setembro. Portanto, na próxima semana, na presença de um representante de cada entidade e da colegiada da federação, serão debatidos os calendários da campanha salarial, possíveis mobilizações e a atual conjuntura nos Correios e no País, como: ameaça de demissão motivada, privatização, fechamento de agências, falta de segurança, falta de funcionários, alterações no plano de saúde, suspensão de férias e horas-extras, DDA, OAI, CDD virtual, reformas trabalhista e previdenciária, entre outros temas.

Negociar apenas o plano de saúde até o mês de dezembro, deixando cláusulas fundamentais para os trabalhadores para depois poderia acarretar em danos irreversíveis, como alterações nos direitos dos ecetistas com base na contrarreforma trabalhista, que entra em vigência no dia 11 de novembro. Além disso, sem garantias de pagamentos retroativos em uma posterior negociação do ACT 2017-18.

A FENTECT saúda todos pela participação nas mobilizações e por optarem pela orientação do Comando Nacional de Mobilização e Negociação (CNMN). A federação formalizou carta à ECT para anunciar o posicionamento da categoria pela rejeição da proposta do TST e aprovação do início imediato das negociações do ACT 2017-18. Agora, resta aguardar resposta da empresa e uma nova data para as representações começarem a negociar.

É preciso permanecer alerta e continuar atendendo às convocações dos sindicatos. A luta conta com a representatividade dos trabalhadores para alcançar o sucesso e a vitória. A categoria deve dizer não às interferências externas nas negociações e às retiradas de direitos promovidas pela ECT. Somente com a união será possível fechar um acordo coletivo coerente com as reais necessidades dos trabalhadores dos Correios.


Outras Notícias

Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas dos Correios e Similares - FENTECT

SDS, Ed. Venâncio V, Bloco R, loja 60 - Brasília/DF - CEP:70393-900 - Fone/Fax:(61) 3323-8810 - fentect@fentect.org.br