Notícias FENTECT

home » Notícias FENTECT
2 de Outubro de 2017 às 17:54

Categoria se mobiliza para grande ato em Brasília e a greve continua

O Comando Nacional de Mobilização e Negociação da FENTECT lançou o Informe 015, nesta tarde (2), e orienta que todos participem do Ato Nacional em Defesa das Empresas Públicas, em Brasília. Caravanas de todo o País estão chegando na capital federal e vão se concentrar em frente ao edifício sede dos Correios, às 7 horas desta terça-feira, dia 3 de outubro. 

Ainda esta semana, a categoria precisa estar atenta às informações da federação. A assessoria jurídica poderá retornar a qualquer momento sobre o pedido de uma audiência de conciliação no Tribunal Superior do Trabalho (TST), que deve ocorrer ainda esta semana. 

Segue o INFORME 015 DO CNMN:

"Companheiros e Companheiras,

O Comando Nacional de Mobilização e Negociação da FENTECT informa que a greve se mantém forte em todo o país, mesmo depois dos descontos indevidos praticados pela gestão da Empresa, já questionado pela FENTECT. 

Amanhã, 03/10, é o Dia Nacional Em Defesa Das Empresas Públicas. Em Brasília/DF, a concentração terá início na porta do edifício sede dos Correios, onde serão realizadas diversas
atividades durante o dia, com passeatas, carros de som e distribuição de carta aberta à população. Vários sindicatos confirmaram que estão enviando suas caravanas. Os trabalhadores devem comparecer uniformizados.

A Assessoria Jurídica da FENTECT informou que já despachou o Agravo Regimental (recurso interposto para anular os efeitos da liminar de abusividade de greve), e que na data de hoje, 02/10/2017, esteve em audiência na Vice-Presidência do Tribunal Superior do Trabalho. Na oportunidade, após diálogo com o Ministro Emmanoel Pereira, foi apresentado um pedido formal de agendamento de audiência de conciliação, considerando que a legislação, no artigo 860 da CLT, prevê a sua realização como etapa processual obrigatória no julgamento do Dissídio
Coletivo. A FENTECT está no aguardo da designação da data e horário da referida audiência, que será oportunamente informada à categoria, tão logo seja agendada.

É preciso entender a importância desta greve no cenário nacional. O governo federal quer enxugar a folha de pagamento das Estatais para torná-las mais baratas para as privatizações. PRIVATIZAÇÕES SIGNIFICAM DEMISSÕES EM MASSA. Fora isto, se aproxima o período de vigência da Reforma Trabalhista. Neste sentido, devemos continuar lutando contra a
privatização dos Correios, pela reposição salarial com a manutenção dos direitos e a reedição do ACT na íntegra, sem alterar a cláusula 28 (convênio médico). Esta vitória só virá com a união e a
mobilização nas bases. A greve é a última ferramenta que resta diante deste cenário ameaçador que se avizinha.

Diante disso, o CNMN orienta pela manutenção e fortalecimento da greve, por melhores condições de trabalho e por nenhum direito a menos.

NÃO À PRIVATIZAÇÃO!"

Galeria de Fotos


Outras Notícias

Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas dos Correios e Similares - FENTECT

SDS, Ed. Venâncio V, Bloco R, loja 60 - Brasília/DF - CEP:70393-900 - Fone/Fax:(61) 3323-8810 - fentect@fentect.org.br