Notícias FENTECT

home » Notícias FENTECT
1 de Junho de 2017 às 18:20

Demissões e fechamento de agências dos Correios viram pauta no Senado Federal

O trabalho intensificado da FENTECT no Congresso Nacional, em defesa dos Correios, resultou, agora, em uma nova etapa. A federação recebeu convite da senadora Fátima Bezerra (PT-RN), presidente da Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo para a audiência pública, no dia 6 de junho, às 14h30, no Plenário 13, Ala Senador Alexandre Costa, Anexo II. O objetivo é debater “A situação da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, que planeja promover demissão de funcionários e reduzir sua rede de atendimento e de serviços nos estados e municípios”.

A audiência atende o requerimento RDR 22-2017, do senador Paulo Rocha (PT-PA) e da própria senadora responsável pelo convite. Assim, será possível expor o tema já debatido em diversas comissões na Câmara dos Deputados, inclusive na Comissão Geral, no plenário Ulysses Guimarães, como a realizada nessa terça-feira (30).

“Considerada uma das instituições com maior credibilidade no Brasil, a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos - ECT - é uma empresa centenária, com missão social definida na Constituição Brasileira e com uma capilaridade de grande relevância para a integração nacional e o desenvolvimento regional, em especial na Região Amazônica, onde desempenha relevante papel”, destaca o documento de autoria do senador Rocha.

Conforme ressaltado ainda no requerimento, há grande preocupação dos funcionários diante do argumento da empresa de equilíbrio nas contas. Dessa maneira, o Plano de Demissão Voluntária anunciado e as mudanças no plano de saúde, por exemplo, oneram a qualidade de vida e trabalho dos ecetistas, que já recebem os menores salários entre as empresas públicas e estatais brasileiras.

Apoio nas duas casas
Na Comissão Geral, os parlamentares declararam apoio unânime à empresa de Correios e afirmaram que vão manter o debate no Congresso Nacional pela manutenção da estatal 100% pública e de qualidade.

Diferentes partidos se posicionaram contrários à privatização da empresa e à falta de compromisso da União, que não devolve aos cofres da ECT os R$ 6 bilhões retirados da estatal. Além disso, vale ressaltar que todos concordaram com a fidelização da logística dos órgãos federais com os Correios.

É hora de levar ao Senado Federal as demandas dos ecetistas, ameaçados por um déficit que a empresa insiste, embora mantenha gastos com patrocínios, consultorias, distratos de contratos importantes, posicionamentos políticos, entre outros problemas que já são recorrentes nas pautas de negociações e mediações com a categoria.

A FENTECT conta com a participação dos sindicatos filiados para que compareçam e para que entrem em contato com os senadores dos respectivos estados para endossar as denúncias sobre má gestão e arbitrariedades da ECT, que visam apenas a retirada de direitos dos trabalhadores.


Outras Notícias

Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas dos Correios e Similares - FENTECT

SDS, Ed. Venâncio V, Bloco R, loja 60 - Brasília/DF - CEP:70393-900 - Fone/Fax:(61) 3323-8810 - fentect@fentect.org.br