Clipping

home » Clipping
6 de Setembro de 2017 às 13:49

e-Sedex pode voltar em breve, diz VP de canais dos Correios

Fonte: e-commerce Brasil

O e-Sedex está sendo ‘reposicionando’ e pode retornar em breve”, disse Cristiano Barata Morbach, VP de Canais durante o Fórum de e-commerce, organizado pela própria Agência hoje (04) em São Paulo.

Com a “retirada” do e-Sedex Morbach diz que o serviço dos Correios está muito mais “competitivo”, principalmente por conta da nova prática de preços. “Já começamos a sentir um grande volume de postagens com a grande migração para o PAC e para o Sedex”, disse.

Em julho, o E-Commerce Brasil havia adiantado que os Correios estudavam a volta do e-Sedex, mas em outro modelo.

Cristiano ressaltou ainda que os Correios devem ter um aumento de 20% no volume de entregas durante o Black Friday no mês de Novembro. “Será um ótimo final de ano e sem greve” afirmou categórico.

O presidente dos Correios, Guilherme Campos, defendeu a nova Política Comercial dos Correios ressaltando como a reorganização da estatal deixou a operação mais enxuta e comparou o antigo e-Sedex à “liberdade de solteiro com o conforto de casado”. “Agora quem procura o melhor preço usa o PAC e quem procura melhor prazo vai para o Sedex”, disse Campos. Para ele o principal desafio agora é “fazer o simples primeiro” para depois evoluir o nível de serviço. “Estamos retomando o espaço que havíamos deixado para a concorrência, porque ou muda ou morre”, declarou.

O Chefe do Departamento de Encomendas, Lemuel Costa e Silva apresentou uma série de novos lançamentos e soluções em desenvolvimento que buscam justamente melhorar o nível de serviço dos Correios no mercado. “32% dos envios que antes eram feitos por e-Sedex tiveram queda real de preço com a nova Política Comercial (nos locais de maior demanda)”, disse Lemuel. Ele confirma a declaração de Cristiano dizendo que os Correios tiveram um crescimento de 8% acima do mercado com a nova Política Comercial adotada há cerca de três meses. “Novos ajustes ainda estão por vir e vão trazer mais agilidade e inteligência ao e-commerce, que é o setor que mais cresce atualmente nos Correios”, disse.

Entre as soluções que estão sendo desenvolvidas pelos Correios, Lemuel citou o e-ticket reutilizável, a ampliação do “clique e retire” – hoje já existem 7 mil pontos de entrega de encomenda dos Correios e 120 agências com horário estendido -, a plataforma de entrega interativa com recursos que vão permitir acompanhar a entrega em tempo real por meio de celular e o uso de recursos como assinatura eletrônica, foto de quem recebeu a encomenda e posição da encomenda por coordenada geográfica (latitude e longitude). “Os Correios estão investindo na melhora da experiência do cliente, na diminuição dos problemas relacionados à tentativa de entrega e atraso de entrega, inclusive devemos ter em breve também o Same Day Delivery”, declarou.

Lemuel ainda salientou que para o Black Friday, os Correios devem ampliar a capacidade de triagem, disponibilizando recursos adicionais para a entrega de pedidos, contratando mão de obra extra para suportar o pico da principal data de vendas do varejo eletrônico e adicionar novas linhas de transporte – aumentando em 30% das linhas com capacidade já alta e 50% das linhas menos cheias. “Também vamos reforçar as ações de gerenciamento de risco de carga – estamos batalhando arduamente na questão Rio de Janeiro – para monitorar as linhas e ampliar os sistemas automatizados de triagem (já foram investidos 182 milhões de reais neles)”, completou. Hoje, o grande desafio dos Correios que entrega 1 milhão de encomendas por dia e conta com 14 mil operadores de triagem é justamente tornar os processos mais ágeis.


Outras Notícias

Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas dos Correios e Similares - FENTECT

SDS, Ed. Venâncio V, Bloco R, loja 60 - Brasília/DF - CEP:70393-900 - Fone/Fax:(61) 3323-8810 - fentect@fentect.org.br