Notícias FENTECT

home » Notícias FENTECT
19 de Junho de 2012 às 21:00

Ecetistas definem os novos rumos das Fentect

None

Ecetistas definem os novos rumos das Fentect

Durante os dias 12 e 16 de junho, houveram intensos debates entre os 265 delegados e 42 observados presentes no XI Contect, em Fortaleza (CE). Por meio de debates e muitas discussões, os trabalhadores analisaram a conjuntura nacional e internacional, os processos de anistia e o desenrolar do PCCS e do SAP. Além disso, foram eleitas a nova diretoria da Fentect e a tese que norteará os trabalhos da Federação nos próximos três anos.

Entre oito textos de várias correntes políticas, foi eleita a tese do grupo Articulação Sindical/Movimento Sindical de Base (MSB). A tese aborda questões inerentes a todas as correntes políticas: unidade dos trabalhadores pela Fentect, fortalecendo os sindicatos filiados; ações contra privatização e terceirização da ECT; maior destaque para questões raciais e de gênero; possibilidade de ascensão de todos os trabalhadores dentro da empresa; sem falar da problematização do SAP (Sistema de Avaliação de Produtividade).

O Congresso deu oportunidade para todas as correntes políticas presentes darem seus depoimentos sobre a atual situação dos Correios no Brasil. Além deles, os sindicalistas argentinos e portugueses tiveram também a chance de mostrar aos trabalhadores os desafios enfrentados nos seus países de origem.

Enquanto os portugueses vivem o processo de privatização do serviço postal, os trabalhadores argentinos já têm parte dos Correios privatizada há 16 anos. “Aconselhamos os companheiros brasileiros a seguirem lutando pelo monopólio postal, pois o incentivo à terceirização do setor pode significar também a perda da força do trabalhador, que fica sem unidade na luta sindical”, ressalta o secretário-geral da Associação Argentina de Trabalhadores das Comunicações (AATRAC), Juan Antônio Palacios.

As bandeiras mais levantadas pelos trabalhadores no Congresso foram o monopólio estatal dos Correios e a unidade da categoria. Entre os depoimentos, era visível a desaprovação do rompimento de alguns sindicatos com a Federação. O secretário-geral da Fentect, José Rivaldo da Silva, lembrou e ressaltou a importância das conquistas que a classe conseguiu nos últimos anos devido à unidade da FENTECT com os sindicatos. “Vimos que os ecetistas estão bem unidos, tanto o movimento de base quanto a oposição. Sabemos que a unidade constrói muita coisa. Nosso esforço agora é unificar todos rumo a uma campanha salarial vitoriosa”, afirma.

Entre os 265 delegados presentes, ficou acordado que o índice para o reajuste salarial será de 43,07% , mais R$ 200 linear. Já a Pauta Nacional de Reivindicações 2012/2013 terá como base a Pauta de Reivindicações aprovada no último CONREP. Será criado um Comando Nacional de Mobilização da Campanha Salarial, a ser formado por representantes de todos os sindicatos filiados a FENTECT.

No último dia do evento, foi realizada a eleição para a chapa que dirigirá a Fentect nos próximos três anos, encerrando o triênio 2009/2012. Em uma disputa acirrada, a chapa 2, intitulada Oposição (composta pelo Ecetista em Luta/PCO, MRL, ASS, Intersindical, Sintect-AL, Sintect-PI, Sintect-AM e apoiada pela FNTC/Conlutas), foi eleita por 131 a 129 votos, tendo José Rodrigues, do Sintect/PI, como o novo secretário-geral para o próximo mandato.

 


Outras Notícias

Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas dos Correios e Similares - FENTECT

SDS, Ed. Venâncio V, Bloco R, loja 60 - Brasília/DF - CEP:70393-900 - Fone/Fax:(61) 3323-8810 - fentect@fentect.org.br