Notícias FENTECT

home » Notícias FENTECT
7 de Novembro de 2017 às 19:57

Ecetistas são convocados para o Dia Nacional de Paralisação, em 10 de novembro

Dia 10 de novembro, próxima sexta-feira, os trabalhadores dos Correios e do Brasil, organizados pelas diversas centrais sindicais e outras entidades representativas, vão se unir no Dia Nacional de Paralisação. A FENTECT apoia o movimento e convida todos os ecetistas a fazerem parte das mobilizações em cada estado. A luta é contra as reformas do governo de Michel Temer, que têm como objetivo apenas prejudicar as categorias e retirar os direitos de cada trabalhador.

A paralisação será um dia antes de entrar em vigor a reforma trabalhista (Lei 13.467), um dos maiores ataques aos direitos de quem trabalha em prol do desenvolvimento do país. O ato demonstra a indignação da classe trabalhadora contra o governo federal, que conta com mais de 90% de rejeição em todo o Brasil. A reforma trabalhista destrói a Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT) e coloca em risco futuras negociações das categorias, em busca de melhorias para o trabalhador.

O texto da reforma trabalhista altera mais de 100 tópicos da CLT e mexe em direitos importantes, como a jornada de trabalho, os salários, férias, segurança, respeito às trabalhadoras grávidas, terceirização, entre outros. Além disso, o que ficar combinado entre patrão e empregado, pode valer acima do negociado para a categoria, outro grave erro dessa contrarreforma.

Unidas, as centrais e sindicatos também pretendem lutar pela valorização do papel dessas entidades como reais representantes dos trabalhadores. A Lei 13.467 apresenta diversos empecilhos para as atividades das representações, o que também compromete o futuro dos trabalhadores não apenas dos Correios, mas de todas as categorias. Sem representatividade, dificilmente os empregados de estatais e empresas públicas serão atendidos em suas demandas, já que as gestões estão focadas no interesse do patrão.

Destaca-se que, além da retirada de direitos que está sendo promovida pelo governo, a privatização, com foco apenas no mercado e no lucro, também assombra muitos setores públicos e estatais da sociedade brasileira, como a privatização do petróleo, da energia elétrica e da infraestrutura. Para o povo, perdas, já que privatizar significa, além de outros danos, o aumento de preços e a precariedade na prestação dos serviços. Para o trabalhador, salários mais baixos, aumento nas contribuições e piores condições de trabalho.

Outros públicos estão convidados a fazer parte da mobilização na sexta-feira, como igrejas, estudantes, associações de advogados e todos que podem ser prejudicados pela desregulamentação do trabalho. A FENTECT destaca que esta é mais uma oportunidade de lutar pelos próprios direitos, contra condições precárias de trabalho e vida e a favor da categoria e outros trabalhadores.

Clique e acesse a Lei 13467

Confira a programação completa por estado:

Acre

8h - Praça da Revolução

Bahia

Salvador

11h - Caminhada do Campo Grande até a Praçã Municipal

13h - Manifestação na porta da Previdência Social no Comércio

Brasília

09h – Ato Fora Temer e suas medidas -  Espaço do Servidor – Esplanada dos Ministérios

Minas Gerais

Belo Horizonte

09h – Ato na Praça da Estação

Mato Grosso do Sul

Campo Grande

16h – Ato na Praça Ari Coelho com enterro da CLT na superintendência do trabalho

Mato Grosso

Cuiabá

15h - Praça Ipiranga

Pará

Belém

08h30 – Concentração no TRT na  Praça Brasil – Caminhada até o  Ver-O-Peso

Paraná

Curitiba

11h - Boca Maldita

Piauí

Teresina

08h – Ato Unificado – Praça Rio Branco – Com Caminhada pelas Ruas do Centro

Rio Grande do Norte

Natal

14h – Ato  com concentração na Praça Gentil Ferreira no Bairro Alecrim. Depois será feita uma caminhada pelas ruas principais até a Cidade Alta

Rio Grande do Sul

Porto Alegre

10h as 14h – Plenária de Mobilização -  Auditório da Igreja da Pompeia (R. Barros Cassal, 220, Floresta POA)

16h – Abraço à Justiça do Trabalho – Av. Praia de Belas

18h – Ato das Centrais – Esquina Democrática

Rio de Janeiro

Rio de Janeiro

16h – Concentração na Candelária – Caminha pra a Cinelândia

São Paulo

São Paulo

09h30 – Ato em São Paulo – Concentração na Praça da Sé

10h30 – Caminhada até a Avenida Paulista

Campinas

17h00 – Ato no Largo do Rosário, Centro

Tocantis

Palmas

09h – Em frente a CEF – Quadra 105 Sul – Rua SE 01

*Até dia 10 de novembro, essa programação será atualizada

 

10/11 – Parar o Brasil em defesa dos direitos!

Vamos parar o Brasil em defesa dos direitos, do serviço público e da soberania nacional.

Revogação da deforma trabalhista

Emprego com direitos para todos/as

Defesa da Aposentadoria. Não ao desmonte da previdência!

Serviço público e valorização dos servidores

Fim do trabalho escravo

Fim das privatizações. Em defesa da soberania!

Moradia, saúde, educação, segurança, cultura e democracia!

Fora Temer. Diretas já!

 

Arquivos para baixar


Outras Notícias

Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas dos Correios e Similares - FENTECT

SDS, Ed. Venâncio V, Bloco R, loja 60 - Brasília/DF - CEP:70393-900 - Fone/Fax:(61) 3323-8810 - fentect@fentect.org.br