Notícias FENTECT

home » Notícias FENTECT
26 de Janeiro de 2018 às 16:52

ECT anuncia extinção de OTTs e altera PCCS sem debater com a categoria

A FENTECT e toda a categoria foi novamente surpreendida pela ECT, esta semana, com a notícia sobre a extinção do cargo de Operador de Triagem e Transbordo (OTTs). Para isso, a empresa alterou o Plano de de Cargos Carreiras e Salários (PCCS 2008) de maneira unilateral, sem o devido debate com a categoria ecetista, para variar.

Mas a FENTECT prontamente tomou providências quanto ao caso: solicitou à ECT que suspenda a decisão, apresente documentos que comprovem o porquê de extinguir o cargo e que o tema seja tratado na próxima reunião com o presidente dos Correios, Guilherme Campos, que será realizada dia 30 de janeiro.

A federação e toda categoria repudia tal atitude da ECT, que prefere terceirizar o setor a fazer mais contratações via concurso público, para preencher o quadro defasado e, consequentemente, melhorar a prestação de serviço à população. Com isso, o futuro dos operadores ainda é incerto e todas essas mudanças, desde o início das reestruturações promovidas, tendem a demissões em massa nos Correios, como foi o caso do PDI.

Era previsto

E tudo isso já havia sido denunciado e rebatido pela FENTECT e os representantes sindicais no ano passado, quando, no mês de julho, em reunião com a VIGEP, os representantes se posicionaram contra qualquer medida da empresa em relação ao PCCS, sem discussão com a categoria. Já naquela época, enquanto a ECT argumentava com base na Constituição, a federação esclarecia que os casos expressos em lei não têm relação com as ações aplicadas pela empresa, como o fechamento de agências, a extinção de cargos, implantação de DDA, entre outros problemas, que levam à redução de postos de trabalho. O que abriria precedentes para alterações unilaterais no PCCS, como foi feito agora.

Caso de justiça

Além disso, vale recordar que o nosso plano de cargos e salários, vigente desde o dia 1 de julho de 2008, foi a julgamento no Tribunal Superior do Trabalho (TST), logo, é preciso questionar judicialmente se a extinção do cargo é mesmo permitida à ECT, sem passar pelo tribunal.

A FENTECT sairá em defesa desses trabalhadores. A assessoria jurídica da federação está ciente do assunto e as medidas cabíveis serão tomadas, para que ninguém da categoria seja prejudicado com a perda do emprego ou mesmo a empresa, com a terceirização e a queda na qualidade do atendimento dos Correios.

 


Outras Notícias

Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas dos Correios e Similares - FENTECT

SDS, Ed. Venâncio V, Bloco R, loja 60 - Brasília/DF - CEP:70393-900 - Fone/Fax:(61) 3323-8810 - fentect@fentect.org.br