Notícias dos Sindicatos

home » Notícias dos Sindicatos
8 de Setembro de 2017 às 14:46

Em assembleia, trabalhadores aprovaram estado de greve

Reunidos em assembleia na noite desta terça (5), os trabalhadores dos Correios aprovaram, por unanimidade, estado de greve para a categoria. A medida sinaliza a disposição de luta dos trabalhadores para pressionar a empresa a negociar e antecipa o movimento grevista que está sendo programado pelos trabalhadores para o próximo dia 19 de setembro. Além do estado de greve, os trabalhadores também reafirmaram o calendário de lutas aprovado no CONREP e nas assembleias anteriores da categoria e entrega de carta à empresa, cobrando que a empresa inicie efetivamente a negociação.

A mesma assembleia realizada à noite, já havia sido realizada na parte da manhã para os trabalhadores de turno.

Relatos da Comissão

Num primeiro momento foi feito o relato pelo representante do Sintect-RS no Comando de Negociação sobre o andamento do processo que, segundo ele, praticamente não está ocorrendo, já que a empresa aproveitou uma audiência no TST para tratar o plano de saúde e pediu a mediação do órgão à negociação.

Em seguida, o secretário-geral do Sindicato, Yuri, fez um relato sobre o CONSIN, realizado na segunda (4). Com participação de representantes dos 31 sindicatos filiados a FENTECT, os trabalhadores reafirmaram a rejeição a proposta do TST e mantiveram o calendário da categoria. Também foi reiterada a necessidade de unidade da categoria na defesa dos direitos e de avanços na pauta de reivindicações.

Outro ponto destacado pelo dirigente foi quanto a proposição do Sintect-RS de denunciar na OIT, Ministério Público do Trabalho e outros órgão, a redução dos efetivos nos Correios com a política de demissões voluntária implementada pelos gestores e a ameaça real de privatização da empresa, além da necessidade de exigir da empresa a abertura dos números.

Reunião com a empresa dia 12/9

Foi informado aos trabalhadores que a empresa marcou a primeira reunião efetiva para o dia 12 de setembro, já que a primeira foi no TST e não houve negociação. Apesar de saber que a data-base da categoria é 1º de agosto e de conhecer as reivindicações dos trabalhadores desde o dia 27 de julho, a empresa marcou reunião para apenas três dias antes do fim da negociação, conforme calendário da Fentect. Nem mesmo a disposição do comando, que tem se colocado reiteradamente à disposição para negociar, tem sido levado em conta pelo Correios. É mais uma manobra para desmobilizar e impedir a categoria de lutar por suas reivindicações e de empurrar a negociação, na expectativa de retirar direitos e numa atitude de total desrespeito ao processo negocial.

Construir a unidade

Esta será uma das mais difíceis negociações para a categoria. O processo de desmonte que vem sendo feito pela empresa e pelo governo, os ataques a direitos com as terceirizações e reforma trabalhista e o desrespeito da direção da empresa, não dá aos trabalhadores alternativa, a não ser intensificar a mobilização e articular a greve.

É fundamental fortalecermos nossa unidade, pois será somente lutando juntos que iremos vencer a intransigência da empresa, os ataques do governo e garantir a manutenção dos nossos direitos.

Desde já o Sindicato convoca a categoria para a assembleia do dia 13 de setembro, na sede do Sindicato, em Porto Alegre e nas subsedes, para debater a campanha salarial e deliberar sobre os próximos encaminhamentos.


Outras Notícias

Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas dos Correios e Similares - FENTECT

SDS, Ed. Venâncio V, Bloco R, loja 60 - Brasília/DF - CEP:70393-900 - Fone/Fax:(61) 3323-8810 - fentect@fentect.org.br