Notícias FENTECT

home » Notícias FENTECT
8 de Março de 2018 às 10:08

FENTECT parabeniza pelo dia internacional de reflexão e respeito à luta e empoderamento das mulheres

No Dia Internacional das Mulheres, a FENTECT parabeniza todas as guerreiras da categoria ecetista. A luta dos trabalhadores dos Correios não seria a mesma sem o empenho e a dedicação de todas as mulheres que exercem, além do papel de mãe, filhas, esposas, o papel, entre tantos outros, de batalhadora pelos próprios direitos, do próximo e de suas famílias.

Embora ainda haja um longo caminho a ser percorrido, até que a data possa realmente ser comemorada, é importante que neste dia haja a reflexão sobre a importância da igualdade de direitos e do respeito ao sexo feminino, que de frágil não tem nada. A força da mulher faz toda diferença.

No entanto, nos últimos anos, infelizmente, as estatísticas do feminicídio ainda apresentam crescimento assustador, pois, todos os dias, uma mulher tomba sob a loucura de um amor não correspondido. As mulheres alteram suas rotinas, escondem a própria beleza, abrem mão das roupas que gostam de usar, na tentativa de livrarem os corpos e mentes da violência dos parceiros.
Para as mulheres que trabalham nos Correios, lamentavelmente, as histórias se repetem, seja por casos de assédio moral dos colegas e da chefia, ou devido à violência doméstica que as perseguem até os locais de trabalho.

Não há o que comemorar, pois a profundidade da desigualdade de gênero desestrutura a composição da sociedade. Não bastassem os constantes ataques contra os direitos trabalhistas, materializados na reforma trabalhista, diariamente as resoluções da diretoria dos Correios são vergonhosamente restritivas dos direitos conquistados: suspensão das férias anuais, pagamento de mensalidades e manutenção dos genitores no plano de saúde, exclusão da maioria dos exames específicos para mulheres no periódico. Assombradas pelo fantasma do desemprego, que rouba o sono, diariamente alimentado com o fechamento de agências, incêndios e desmonte dos centros operacionais, com a precarização dos serviços. Estratégias que claramente incitam a população a clamarem pela privatização da ECT.

Dia 8 de março é dia de luta e mobilização, porém, mais do que serem parabenizadas, as mulheres querem respeito e espaço na sociedade. Querem mais do que sobreviver. Querem uma vida sem medo do feminicídio e do assédio moral e sexual nos locais de trabalho. Querem ser reconhecidas e amadas por serem simplesmente mulheres.


Outras Notícias

Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas dos Correios e Similares - FENTECT

SDS, Ed. Venâncio V, Bloco R, loja 60 - Brasília/DF - CEP:70393-900 - Fone/Fax:(61) 3323-8810 - fentect@fentect.org.br