Notícias FENTECT

home » Notícias FENTECT
13 de Setembro de 2016 às 21:04

FENTECT recebe minuta final a ser analisada para o Acordo Coletivo de Trabalho 2016/17

Créditos: Google Imagens
Google Imagens

Ontem (12) pela tarde, a ECT encaminhou documento com as propostas da empresa para o Acordo Coletivo de Trabalho 2016/17 incoerente ao que havia sido falado na semana passada aos representantes dos (as) trabalhadores (as), que compõem o Comando Nacional de Negociaçãoe Mobilização da FENTECT. Por isso, o CNNM cobrou que fossem revistas as cláusulas, em um encontro com os representantes da ECT realizado ainda nessa segunda-feira. A FENTECT recebeu nesta tarde (13) a minuta para o ACT deste ano, elaborada após reunião entre a ECT e o comando, que segue para conhecimento da categoria.

Alguns tópicos sofreram novas alterações, graças ao trabalho de monitoramento constante e às demandas do CNNM. Algumas propostas puderam ser revistas para atender as reais necessidades dos (as) trabalhadores (as) dos Correios.

Análise cuidadosa

Trabalhando em conjunto, com os representantes e a assessoria jurídica, o comando divulga o informe com as orientações para as assembleias quanto à proposta apresentada pela ECT. A publicação passou por criteriosa análise das representações dos (as) trabalhadores (as).

A orientação será encaminhada aos sindicatos filiados que devem submetê-la à vontade dos (as) ecetistas presentes nas assembleias. Por isso, é importante destacar que a decisão referente à aprovação ou rejeição da proposta será com base nessas mobilizações. Por isso, a participação do (a) trabalhador (a) é essencial.

Entre as propostas polêmicas
Quanto à assistência médica, a alteração ficou por conta do prazo para a comissão paritária apresentar propostas de melhorias do plano de saúde até o dia 30 de janeiro de 2017 e submeter a deliberação dos assuntos às assembleias dos sindicatos, no prazo de até 60 dias. Qualquer alteração deverá ser submetida aos (as) trabalhadores (as).

Para os salários, a ECT propôs conceder reajuste de 9%, em duas parcelas, em cima do piso de agosto - R$ 1.334,00. A GIP, prevista na cláusula 63 do ACT 2015/16, será totalmente incorporada à tabela salarial a partir de 01 de agosto deste ano e, após a incorporação, será aplicado o índice de 6%. Em janeiro, a empresa afirma pagar os R$ 50 também determinados no acordo passado e, a partir do dia 1 de fevereiro de 2017, os 3% restantes da proposta para este ACT.

Privatização - Durante a reunião, ontem, o presidente da ECT, Guilherme Campos, se comprometeu a fechar uma ata que afirme contrariedade à privatização dos Correios.

A FENTECT declara que é importante continuar atento (a) e participar das mobilizações e das assembleias junto aos sindicatos. A análise por parte dos (as) trabalhadores (as) da base e a aprovação de todos é que garantirá os melhores resultados para todos (as).


Outras Notícias

Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas dos Correios e Similares - FENTECT

SDS, Ed. Venâncio V, Bloco R, loja 60 - Brasília/DF - CEP:70393-900 - Fone/Fax:(61) 3323-8810 - fentect@fentect.org.br