Notícias FENTECT

home » Notícias FENTECT
9 de Maio de 2020 às 14:45

NOSSAS VIDAS IMPORTAM

Já estamos completando dois meses após a decretação do estado de calamidade pública sanitária em decorrência da pandemia do novo coronavírus. Desde o início da crise, o presidente Jair Bolsonaro minimiza a importância quanto a prevenção e o combate à essa ameaça invisível e mortal chegando até a compará-la a uma “GRIPEZINHA", deixando em segundo plano a proteção à vida das pessoas, colocando como prioridade a economia e a capacidade produtiva do país em detrimento das vidas humanas.

Com todo esse descaso por parte do governo não poderíamos ter outro resultado senão um grande número de vítimas fatais e um sistema de saúde em colapso. Hoje, alcançamos mais de 146 mil infectados e 10.017 mil mortos confirmados por Covid-19. Mas estudos projetam mais de 2 milhões de infectados. Enquanto isso, fatos bizarros vão acontecendo dentro do ambiente palaciano. Ignorando a quantidade de vidas perdidas, Bolsonaro dá seguimento a sua política genocida e fez uma caravana ao Supremo Tribunal Federal (STF) com empresários para tentar afrouxar as regras de isolamento social posta pelos governos estaduais e municipais. O presidente chega a comparar a economia às pessoas que estão perdendo suas vidas ao dizer: "se não diminuir as ações de restrições adotadas pelos estados e municípios, a economia vai entrar na UTI podendo vir à óbito". Bolsonaro voltou a desdenhar da morte ao falar que realizaria um churrasco para receber amigos. Para além do mau exemplo do isolamento, contrariando o que diz a Organização Mundial de Saúde (OMS), Bolsonaro ignora a dor de milhares de famílias e o sofrimento daqueles que lutam pela vida nas UTIs dos municípios brasileiros. O que teria Jair a comemorar?

Nos Correios o general aposentado Floriano Peixoto e seus asseclas seguem a mesma toada. Apesar de todas as cobranças feitas pela FENTECT para que a empresa adotasse medidas para proteger os funcionários que estão na linha de frente, a direção dos Correios vem ignorando as solicitações e trata com desdém as questões de seguranças para garantir que os trabalhadores não se contaminem. Só após uma série de ações judiciais, os Correios começaram a cumprir de forma precária algumas medidas, que foram exigidas pela FENTECT e seus sindicatos filiados por meio de ações judiciais. Muitas unidades sequer chegaram a ter sabonete líquido e álcool em gel, expondo os trabalhadores a um risco de contágio maior.

O resultado não poderia ser outro ante ao descaso com a vida dos trabalhadores dos Correios: já chegamos a mais de 200 funcionários contaminados oficialmente e 9 óbitos em decorrência da Covid-19, que sequer foram mencionados pela comunicação oficial da empresa, ignorando e desprezando o valor das vidas das pessoas que realmente carregam os Correios nas costas. Somos nós, funcionários de carreira, que construímos essa empresa ao longo de tantos anos. Esses parasitas reformadas pelo serviço militar que vieram se apossar da nossa empresa, só sugam nosso sangue, desprestigiam a estatal e desprezam nossas vidas. Sequer solidariedade prestam aos que partiram, muito menos aos seus familiares.

A FENTECT continuará lutando para que as medidas de proteção alcancem a todos os trabalhadores, denunciando a postura negligente e irresponsável daqueles que hoje dirigem a nossa empresa e colocam o lucro acima da VIDA! Somos solidários aos familiares de todas as vítimas fatais alcançadas por essa doença letal, que acabou afetando várias famílias ecetistas! Pedimos que Deus conforte os corações de todos.

FENTECT EM LUTO PELOS COMPANHEIROS ECETISTAS VÍTIMAS DA COVID-19: Aline Braga (AM) . Jorge Conrado (RJ) . Joaz Lopes (RJ) . Paulo Tobias (RJ) . Eloisa Barcellos (RJ) . Jaime Pacheco (RJ) . Ana Lúcia (RJ) . Elivado Almeira (AM) . Osmar Alves (SP)

#OLucroNãoTáAcimaDeNossasVidas
#MinhaVidaValeMais
#ForaFlorianoPeixoto
#ForaBolsonaro
#FicaEmCasa
 
 
 
 
 


Outras Notícias

Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas dos Correios e Similares - FENTECT

SDS, Ed. Venâncio V, Bloco R, loja 60 - Brasília/DF - CEP:70393-900 - Fone/Fax:(61) 3323-8810 - fentect@fentect.org.br