Notícias FENTECT

home » Notícias FENTECT
9 de Setembro de 2016 às 19:15

Pressão da categoria faz ECT recuar nos ataques, mas assistência médica ainda é entrave

A pressão das assembleias por todo o Brasil já começa a surtir efeitos, a empresa começou a recuar. Nesta sexta-feira (9), em reunião com o Comando Nacional de Negociação, em Brasília, os representantes da ECT apresentaram novas propostas econômicas com os valores:

-Reajuste salarial em 6% retroativo ao mês de agosto deste ano, mais 3% em fevereiro de 2017
-8,74% no vale alimentação/refeição e em todos os demais benefícios
-Manutenção do vale extra e do vale cultura
-Incorporação da GIP retroativa ao mês de maio, no valor de R$ 50,00
-Incorporação total e imediata da GIP do ACT 2014/15, no valor de R$ 100,00

De acordo com a empresa, serão realizadas as incorporações da GIP e, em cima desses valores, será aplicado o percentual de 6%. Já os 3% de fevereiro vão incidir sobre o reajuste do mês de agosto.

Em relação às cláusulas sociais, a empresa optou pela reedição do Acordo Coletivo de Trabalho 2015/16, recuando nos ataques apresentados anteriormente. O entrave da reunião foi a não apresentação da cláusula referente ao plano de saúde, pois a ECT informou que a comissão paritária deverá apresentar em 180 dias estudos atuariais e de custeio.

O comando demonstrou, mais uma vez, preocupação com a assistência médica e reforçou à empresa que os trabalhadores (as) não vão pagar pela irresponsabilidade da má gestão do plano e saúde. O CNNM solicitou com urgência a redação da cláusula da assistência médica, que, segundo a empresa, será apresentada na próxima segunda-feira (12).

O Comando vai permanecer reunido em Brasília e reforça a importância dos trabalhadores (as) continuarem mobilizados contra a retirada de direitos que a empresa tem promovido desde o início das negociações. O nosso lema é garantir nenhum direito a menos.

Se a ECT não negociar
Enquanto isso, a maioria dos sindicatos já realizou assembleias pelo estado de greve, que tiveram início com a primeira proposta da ECT. Acre, Campinas, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Pará chegaram a resultados unânimes pela rejeição da proposta da ECT nessa quinta-feira (8). Rondônia e Santa Maria (RS) farão assembleias nesta sexta-feira (9) e sábado (10), respectivamente.

A possível data do indicativo de greve, de acordo com as decisões, será no dia 14 de setembro, a partir das 22 horas. Vale ressaltar que, em algumas unidades onde não há jornada de trabalho no período noturno, a greve terá início a partir da 00 hora do dia 15 de setembro.

A FENTECT lembra que ainda há questões para serem melhoradas na proposta da ECT, muitos questionamentos ainda não foram respondidos, principalmente sobre a redação final da cláusula da assistência médica da categoria.

Confira abaixo o quadro parcial das assembleias de avaliação da Campanha Salarial 2016.


Outras Notícias

Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas dos Correios e Similares - FENTECT

SDS, Ed. Venâncio V, Bloco R, loja 60 - Brasília/DF - CEP:70393-900 - Fone/Fax:(61) 3323-8810 - fentect@fentect.org.br