Notícias dos Sindicatos

home » Notícias dos Sindicatos
4 de Dezembro de 2017 às 18:27

SINTCOM-PR consegue liminar que obriga Postal Saúde a pagar remédio para tratamento contra o câncer

Remédio deve ser fornecido na quantidade e tempo necessário, sob pena de multa diária de R$ 100, em benefício do paciente
O Sindicato dos Trabalhadores dos Correios do Paraná (SINTCOM-PR) conquistou na Justiça uma liminar que obriga a Postal Saúde Caixa de Assistência e Saúde dos Empregados dos Correios a pagar por medicamento para um paciente que faz tratamento contra câncer.

A decisão foi divulgada no último dia 27 pela 1ª Vara Cívil de Bandeirantes, cidade próxima a Londrina. De acordo com a sentença da juíza Apoema Carmem Ferreira Vieira Domingos Martins Santos, “a Postal Saúde deve fornecer o medicamento indicado ao paciente, conforme prescrição médica, na quantidade e tempo necessário, devendo a liminar ser cumprida no prazo de 5 dias da intimação, sob pena de multa diária de R$ 100, em benefício do paciente”, diz o documento.

O carteiro que necessita do remédio é funcionário dos Correios há 30 anos e foi diagnosticado com neoplasia maligna da glândula tireoide. Ele necessita de um medicamento específico, que custa cerca de R$ 5 mil a caixa, para tomar um comprimido a cada 12 horas, por tempo indeterminado, o qual foi negado pelo plano de saúde. Faz mais de 50 dias que ele aguarda pelo remédio. São necessárias duas caixas por mês.

“Eu me senti um lixo. Fiquei indignado. Faltou muito respeito e consideração. No começo, quando eles negaram o tratamento, eu ligava para a Postal [Saúde] e os atendentes me respondiam com muita frieza. Era como se do outro lado da linha eu estivesse falando com uma máquina, um computador. Eles se referiam à minha doença - que é muito grave - como se fosse uma simples dor de dente”, desabafou o trabalhador que preferiu ter o nome preservado.

A ATUAÇÃO DO SINDICATO

O trabalhador ressaltou a importância do Sindicato para ajudá-lo. “Eu fiquei totalmente perdido, sem saber o que fazer. O China, o Cristian [Ratz, diretor sindical em Londrina] e os advogados assim que souberam do meu caso vieram me socorrer e me orientar. Foi um alento saber que eu não estava sozinho”, afirmou o ecetista.

Essa é a segunda vitória que o SINTCOM-PR conseguiu neste mês. No dia 14 de novembro, a Postal foi condenada a indenizar um trabalhador por danos morais ao se negar a realizar um tratamento de saúde.

O secretário geral do SINTCOM-PR, Marcos Rogério Inocêncio (China) orienta a todos os funcionários que procurem o sindicato quando houver problemas com a Postal Saúde. “O maior patrimônio da empresa são os trabalhadores que mesmo sem condições de trabalho dão o sangue para realizar um bom serviço. Jamais vamos deixar que a empresa continue a tratar os funcionários como números numa planilha ou um objeto que pode ser descartado após o uso. São vidas humanas e a saúde é um direito inegociável”, disse China.


Outras Notícias

Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas dos Correios e Similares - FENTECT

SDS, Ed. Venâncio V, Bloco R, loja 60 - Brasília/DF - CEP:70393-900 - Fone/Fax:(61) 3323-8810 - fentect@fentect.org.br